N95/PFF2

(respire! Máscaras Seguras – Barreira para defesa da vida

O crescente número de casos positivos ao teste do Coronavírus na população do Estado de São Paulo e a premente necessidade de intensificar a prevenção da sua evolução e no resguardo das condições de saúde da população, motivaram a Universidade de São Paulo a promover uma série de iniciativas como contra-ataque ao cenário vigente, minimizando os efeitos futuros não só na área da saúde, como nos setores econômico e social, levando a todo Brasil uma fórmula simples e confiável capaz de ser multiplicada em todo país. Desenvolvimento de novos produtos e geração de renda para classes de trabalhadores informais e micro empresas são o foco.

Nesse diapasão, o Iris – Interdisciplinary Research for Innovative Solutions, iniciativa do InovaUSP, criou o (respire! Máscaras Seguras. O propósito é ampliar a oferta de máscaras de proteção seguras – cirúrgica e N95/PFF2, utilizando tecnologia alternativa; gerar renda para profissionais de oficinas de costura e cadeia de suprimentos; aumentar o nível de informação sobre o uso de máscaras; e suprir as necessidades dos hospitais vinculados à USP (Hospital das Clínicas e Hospital Universitário).

Um dos objetivos do projeto é o desenvolvimento de modelo de máscaras N95/PFF2, utilizadas em hospitais, clínicas e similares, para produção em oficinas de costura que funcionam em cooperativas ou grupos de trabalhadores informais.

Uma vertente do (respire! é a disponibilização do molde da máscara N95/PFF2, pronto para confecção. Outra vertente é o mapeamento das oficinas de costura com o intuito de transferir tecnologia e incentivar a produção por pequenos e microempresários, cooperativas e grupos de costureiras. Também irá informar sobre as características de filtragem dos diferentes tipos de tecidos possíveis para manufatura das máscaras e disponibilizar orientações sobre esterilização, manuseio e descarte.

Máscara N95/PFF2: A máscara descartável de proteção respiratória N95 PFF2 é o equipamento de proteção individual (EPI) mais indicado para profissionais expostos a ambientes contaminados por aerossóis. Sua capacidade de filtração e resistência a materiais particulados é altamente eficiente, oferecendo ótima vedação do rosto e maior segurança ao usuário. Desenvolvida primordialmente para uso médico a fim de proteger as vias respiratórias contra infecções.

voltar